Conheça Os Benefícios Da Dieta Paleo + Receitas!

Emagreça de forma saudável com muita energia e disposição!

Dieta alimentar é bom, mas todas são iguais?

Você quer seguir uma alimentação mais saudável? Neste artigo iremos falar exatamente disto, das principais dietas existentes e quais são mais indicadas e por que. Confira!

Diferença entre as principais dietas: qual devo fazer e por quê?

Na internet principalmente, existe uma infinidade de material propondo as mais diferentes e diversificadas dietas, receitas milagrosas para emagrecer, alimentação mais saudável, etc.

Mas o que de tudo isto é realmente válido? Qualquer dieta serve para o seu caso? Afinal, porque escolher esta dieta em detrimento da outra? Qual critério devo usar?

São muitas perguntas, não é mesmo? Mas felizmente você as está fazendo, pois as dietas não são iguais. Cada uma, ou um conjunto de dietas, têm um determinado fundamento, uma determinada destinação. Então, fique atenta!

 

Porque as dietas se diferenciam

Porque as dietas se diferenciam

O que vai determinar se uma dieta serve para você ou não será o fim para o qual esta dieta se destina. Você quer emagrecer ou simplesmente realizar uma reeducação alimentar.

Quer cortar carnes, precisa de uma dieta vegana? Quer reduzir o sal, o carboidrato, etc. Enfim, cada dieta tem uma destinação específica. Aqui, vamos nos concentrar nas dietas voltadas para a perda de peso.

Mesmo estas dietas possuem as suas diferenças, pode acreditar. Dependendo do caso, o melhor mesmo é sempre procurar fazer uma reeducação alimentar. Isto porque na reeducação os resultados são mais duráveis e estas dietas são menos intensas e menos agressivas.

 

Quais as principais e mais indicadas dietas?

Quais as principais e mais indicadas dietas?

Existem muitas dietas que auxiliam na perda de peso e outras tantas que também reeducam a nossa alimentação. Umas são mais agressivas e nem podem ser repetidas com frequência.

Aqui vamos citar as principais e mais conhecidas, bem como ao que se destinam. No entanto, antes de seguir estas ou qualquer outra dieta, o melhor a fazer é consultar o seu endocrinologista ou mesmo um nutrólogo.

Isto porque algumas dietas retiram alimentos e colocam outros no lugar. Ao fazerem isto, retiram também nutrientes “x” que nem sempre estão presentes no alimento substituto.

Se você tem algum problema específico de saúde, alergia, etc., e não pode ficar, por exemplo, sem o nutriente “x”, esta dieta, no caso deste exemplo, vai lhe fazer mal. Então, consulte antes o seu médico.

  • Dieta Cetogênica: é também um tipo de dieta Low carb. Esta dieta se baseia em uma redução drástica da ingestão de carboidratos. Nela, são usados alimentos ricos em gorduras como carnes, bacon, ovos, queijos, manteiga, azeite, entre outros. Carboidratos jamais.

 

  • Dieta "Low carb": também reduz os carboidratos e intensificam o consumo de proteínas e gorduras. Não é tão intensa a redução quanto na Cetogênica. O foco é reduzir a insulina do organismo, na intenção de diminuir a quantidade de glicose no sangue, reduzindo o peso.

 

  • Dieta dos Pontos: esta dieta se baseia em um controle específico, feito através de uma tabela à parte. Você irá anotar diariamente e calcular tudo o que foi consumido. A cada alimento é atribuída uma determinada quantidade de “pontos”.Você não poderá ultrapassar a quantidade máxima de pontos/dia e, para calcular estes pontos, são usadas algumas variáveis como a idade, altura, prática de exercícios físicos, etc. A intenção é reduzir a quantidade de calorias/dia.

 

  • Dieta Dukan: é uma dieta muito questionada mundo afora. Ela se baseia no consumo das chamadas proteínas magras e você vai retirando drasticamente alguns alimentos aos poucos e alguns destes alimentos voltam ao cardápio ao final da dieta.É uma dieta considerada agressiva e seus resultados são questionáveis. Propõe um emagrecimento rápido, mas nem sempre duradouro, o que pode ser prejudicial à saúde. É indicada para quem quer emagrecer rapidamente.

 

  • Dieta "Low fat": é bem famosa e se concentra na redução das gorduras, intensificando os carboidratos. Neste tipo de dieta há também uma redução significativamente e rápida do peso, mas é preciso ficar atento aos níveis de glicose no sangue, principalmente se a dieta for muito duradoura.O consumo exagerado de carboidratos pode ser prejudicial à saúde ao longo do tempo.

 

  • Dieta Mediterrânea: também é muito conhecida por quem procura uma dieta na internet. Quando surgiu, ficou famosa e foi efetivamente eficaz. Tem este nome porque é baseada em hábitos alimentares do sul da Europa e também do norte da África, regiões que são banhadas pelo Mar Mediterrâneo.A redução de peso com esta dieta é significativa, baseando-se no alto consumo de gorduras “do bem” que são geralmente encontradas nos peixes, nos grãos, nos legumes, no azeite de oliva, entre outros.As verduras, as frutas e até o vinho, desde que apenas uma taça ao dia, são permitidos, mas moderadamente. Nesta dieta você precisa ficar atenta apenas à quantidade de porção consumida, pois ela não prevê isto.É considerada uma dieta muito bem balanceada.

 

  • Dieta Paleo: sem dúvida, é uma das dietas mais populares nos últimos tempos. Basicamente, é uma dieta onde ingerimos alimentos principalmente de origem animal. Provém de uma dieta paleolítica, com base na caça e pesca de nossos ancestrais.
    O emagrecimento com esta dieta se dá naturalmente, sem grandes esforços e é comprovadamente eficaz. Ficou curiosa sobre a dieta Paleo? Se quiser conhecer um programa completo de receitas originariamente Paleo e que já transformou a vida de muitas pessoas, clique no link logo abaixo.
Sim. Eu Quero!

Como você viu, existem mesmo muitas dietas, cada uma atacando, incluindo ou retirando determinados alimentos. Todas, de um modo ou de outro, conseguem reduzir o peso. Mas, repetindo, antes de seguir qualquer dieta, consulte antes o seu médico.

Compartilhar com Facebook

shadow-ornament


Leave a Reply

Your email address will not be published.